A COOPERATIVA

A Complem foi fundada em 1978 por um grupo de 200 produtores de leite. A histA?ria da cooperativa comeAi??ou Ai??em 1975, a Cooperativa Central de LaticAi??nios do Estado de SA?o Paulo, perAi??odo em que a atividade leiteira crescia na regiA?o de Morrinhos e um grupo de produtores de leite se uniu para eliminar as dificuldades de comercializaAi??A?o da matAi??ria prima. Contam os pioneiros que jA? no inAi??cio foram entregues cerca de 2 mil e 300 litros de leite.

Hoje, cerca de 70% do leite captado pela Complem sA?o industrializados em sua FA?brica de LaticAi??nios, que faz parte do seu Complexo Industrial, localizado no Distrito Agroindustrial de Morrinhos ai??i?? Daimo e os outros 30% vendidos a terceiros como leite resfriado (spot). O produto que marca sua entrada na industrializaAi??A?o de leite e derivados Ai?? o leite pasteurizado em embalagem sachA? (saquinho plA?stico), com a marca Compleite, em abril de 1990.

A matrizAi??da Complem estA? localizada em Morrinhos e Ai?? constituAi??da por prAi??dios onde funcionam administraAi??A?o, o centro de comercial (AgropecuA?ria, Magazine, Supermercado e Posto de CombustAi??veis). Sua estrutura abrange ainda 12 Filiais, alAi??m de dois Centros de DistribuiAi??A?o (CDai??i??s), localizados em Aparecida de GoiA?nia/GO e em BrasAi??lia/DF. Seu quadro social Ai?? formado de mais de 4 mil associados, entre ativos e inativos. Atualmente, cerca de 800 pessoas trabalham na Cooperativa, incluindo Matriz, Filiais e Complexo Industrial, de cinco unidades (indA?strias de laticAi??nios e de leite longa vida, fA?bricas de sal e de raAi??Ai??es, armazAi??m graneleiro), localizado no Distrito Agroindustrial de Morrinhos ai??i?? Daimo, alAi??m de gerar inA?meros outros empregos indiretos.

ADMINISTRATIVAS

Contato Geral: 3417-1200

DAC ai??i?? Departamento de Apoio ao Cooperado. Quatro departamentos fazem parte do DAC (em ordem alfabAi??tica): AssistA?ncia TAi??cnica, EducaAi??A?o Cooperativista, CrAi??dito Rural e PolAi??tica Leiteira. Confira quem sA?o os colaboradores que comandam cada um deles:

Adenir Miguel de Souza, TAi??cnico em AgropecuA?ria

Agente de captaAi??A?o de Leite – Qualidade do Leite

Telefone: 3417-1247 / 98441-5874

e-mail: qualidadedoleite@complem.com.br

Alysson Paullineli de Almeida Arantes, VeterinA?rio

AssistA?ncia TAi??cnica VeterinA?ria

Telefone: 3417-1247 / 64 99245-0261

e-mail: alysson_paullineli@hotmail.com

AtaAi??des Dias JA?nior, TAi??cnico em AgropecuA?ria – Caldas Novas

Agente de campo – Consultoria TAi??cnica

Telefone: 64 3453-4610 / 99954-4137

e-mail: ataidesdiasjunior@complem.com.br

Fernando Henrique Rodrigues MendonAi??a, TAi??cnico Zootecnia.

Agente de campo ai??i?? Consultoria TAi??cnica

Telefone: 3417-1247 / 98412-6639

e-mail: complemaisleite@complem.com.br

GlAi??zidon Romes de Brito, TAi??cnico em AgropecuA?ria e Bacharel em AdministraAi??A?o, ResponsA?vel pela LogAi??stica de Transporte de Leite, Projetos Internos e Equipamento

Telefone: 3417-1229 / 98403-7395

e-mail: dnac@complem.com.br

Iturival da Silva Cardoso, TAi??cnico em AgropecuA?ria – Edealina

Agente de CaptaAi??A?o de Leite – Qualidade e PolAi??tica Leiteira

Telefone: 64 3480-1125 / 98444-1986

e-mail: edealina@complem.com.br

Jurandir Cardoso de Oliveira, TAi??cnico em AgropecuA?ria e GeA?grafo

ResponsA?vel Departamento de Consultoria TAi??cnica

Telefone: 3417-1247 / 98414-7132

e-mail: jurandir@complem.com.br

Leandro Lopes de Lima, TAi??cnico em AgropecuA?ria – Edealina

Agente de campo ai??i?? Consultoria TAi??cnica

Telefone: 64 3480-1125 / 99958-4702

e-mail: edealina@complem.com.br

Lesley Luiz da Costa, AgrA?nomo, Agente de crAi??dito ai??i?? CrAi??dito Rural

Telefone: 64 3417-1247 / 996442190

e-mail: lesleyluiz@uol.com.br

Leonardo Gomes da Costa Santos, TAi??cnico em Zootecnia e Engenheiro Ambiental, Agente de captaAi??A?o de Leite – Qualidade do Leite

Telefone: 3417-1247 / 98443-4389

e-mail: dnac1@complem.com.br

Mateus Sobral de AraA?jo, Ai??TAi??cnico em AgropecuA?ria ResponsA?vel pelo Centro TecnolA?gico da Complem

Telefone: 3417-1247 / 98414-2985

e-mail: fazendamodelo@complem.com.br

Nelson Alves de Souza, TAi??cnico em Zootecnia

Agente de captaAi??A?o de Leite – Qualidade do Leite

Telefone: 3417-1247 / 98403-7640

e-mail: qualidadedoleite@complem.com.br

Oronides JosAi?? Fernandes Rodrigues, TAi??cnico AgrAi??cola

ResponsA?vel pelo Departamento de PolAi??tica Leiteira da Complem

Telefone: 3417-1229 / 98403-7446

e-mail: dnac1@complem.com.br

Raoni Pontes Ferreira Rodrigues, AgrA?nomo

Agente de campo – Qualidade do Leite

Telefone: 3417-1247

e-mail: dnac1@complem.com.br

Sandra MA?rcia Felippe, Administradora e empresA?ria

Coord. ComunicaAi??A?o / Cooperado ai??i?? EducaAi??A?o Cooperativista

Telefone: 3417-1278

e-mail: sandrafelippe@complem.com.br

COMERCIAIS

Supermercado da Complem/Morrinhos

Funciona de segunda a domingo das 6h30 Ai??s 21h. E seguindo a tendA?ncia atual, em seu interior funcionam padaria e aAi??ougue no sistema de venda de carnes embaladas a vA?cuo. As mercadorias do Supermercado sA?o divididas por seAi??Ai??es e expostas de forma a facilitar a visualizaAi??A?o, transformando a hora de ir Ai??s compras em satisfaAi??A?o e economia.

Fones: (64) 3417-1226 e 98403-7437

e-mail: supermercado@complem.com.br

Av. Prof. JosAi?? do Nascimento 285 Setor Oeste, 75650-000

Morrinhosai??i??GoiA?s

Magazine Complem

O Magazine Complem Ai?? uma loja de departamento, com uma grande variedade de produtos para atender a famAi??lia inteira: adultos, jovens e crianAi??as. No Magazine Complem, assim como em todas as lojas da Cooperativa, as mercadorias sA?o comercializadas com preAi??o A?nico para associados e clientes em geral.

Fone: (64) 3417-1201

Av. Prof. JosAi?? do Nascimento 285 Setor Oeste, 75650-000

Morrinhos ai??i?? GoiA?s

AgropecuA?ria / Morrinhos

Ai?? um dos serviAi??os mais importantes oferecidos aos associados. Na AgropecuA?ria, tanto em Morrinhos quanto em suas 12 Filiais, a Cooperativa disponibiliza aos associados, entre outros produtos, a linha NutriAi??A?o Animal, equipamentos e utensAi??lios, alAi??m de medicamentos veterinA?rios num total de mais de 7 mil itens para atender bem o produtor rural. MAi??dico veterinA?rio e engenheiro agrA?nomo atendem durante toda a semana, sendo que o mAi??dico veterinA?rio atende tambAi??m no sA?bado de manhA?, oferecendo orientaAi??Ai??es aos associados e clientes em geral do estabelecimento, que funciona de segunda a sexta-feira, atAi?? Ai??s 18h e no sA?bado atAi?? Ai??s 15 horas. A AgropecuA?ria conta ainda com 6 engenheiros agrA?nomos terceirizados Ai??e um zootecnista, especializado em nutriAi??A?o animal, na mesma modalidade.

Fone: (64) 3417-1236

Av. Prof. JosAi?? do Nascimento 285 Setor Oeste, 75650-000

Morrinhosai??i??GoiA?s

Auto Posto Complem

O posto de combustAi??veis da Cooperativa realizou uma verdadeira transformaAi??A?o no negA?cio combustAi??vel na cidade, pois antes de sua existA?ncia, o combustAi??vel comercializado em Morrinhos era tido como o mais caro da regiA?o. Hoje, o estabelecimento se tornou uma referA?ncia de preAi??o baixo e qualidade em todo o Estado. Assim, o Posto Complem vem atendendo a expectativa dos cooperados de ser um balizador de preAi??os.

Fones: (64) 3417-1266 / 99952-1966

e-mail: postocomplem@complem.com.br

Av. Engenheiro FlA?vio CascA?o, 276, Centro, CEP 75650-000.Ai?? Morrinhos -GoiA?s

Filiais

Aparecida de GoiA?nia

Contato: Diego CAi??sar Matias de Oliveira

e-mail: diego.matias@complem.com.br

Fones: (62) 3280-4750/ 3280-8920/ 984074275

e-mail: goiania@complem.com.br

BrasAi??lia

Contato: Edivar Alves Costa

Fone: (61) 3361-3310 / 3361-6923

e-mail: edivar@complem.com.br

e-mail: brasilia@complem.com.br

A?gua Limpa

Ai??

Contato: OtacAi??lio Aparecido da Silva

Fones: (64) 3489-1130 e 98403-8666

e-mail: agualimpa@complem.com.br

AloA?ndia

Contato: Paulo Roberto Marques

Fone: (64) 3496-1205

e-mail: aloandia@complem.com.br

Buriti Alegre

Contato: Paulo Augusto Duarte MendonAi??a

Fone: AgropecuA?ria: (64) 3444-1476

e-mail: buritiagro@complem.com.br

Fone: Supermercado: (64) 3444-2326

e-mail: buriti@complem.com.br

Caldas Novas

Contato: CAi??sar Mori Ivo Pereira

Fones: (64) 3453-1609 e 3455-3215

e-mail: cesarmori@complem.com.br

e-mail: caldas@complem.com.br

CorumbaAi??ba

Contato: FA?bio Silva de Deus

Fone: (64) 3447-1880/98403-8257

e-mail: corumbaiba@complem.com.br

Ai??

Edealina

Contato: JosAi?? Eterno Ferreira

Fone: (64) 3480-1125/98444-4451

e-mail: joseeterno@complem.com.br

e-mail: edealina@complem.com.br

Edeia

Contato: Thiago Ramos Nunes

Fone: (64) 3492-2701/98403-6805

e-mail: thiagoramos@complem.com.br

e-mail: edeia@complem.com.br

Indiara

Contato: Caio CAi??sar Ivo de Souza

Fone: (64) 3547-3054 / 98403-7712

e-mail: caiocesar@complem.com.br

e-mail: indiara@complem.com.br

Pontalina

Ai??

Contato: RivadA?via CA?ndido Alves

Fone: (64) 3471-1643 / 98403-8045 / 98403-6803

e-mail: riva@complem.com.br

e-mail: pontalina@complem.com.br

Rio Quente

Contato: Romar CA?ndido Pires

Fone: (64) 3452-1213 / 98403-6971

e-mail: romar@complem.com.br

e-mail: rioquente@complem.com.br

Itumbiara ai??i?? AgropecuA?ria

Contato: Alex MendonAi??a de Lima

Fone: (64) 3433-8666/ 3433-7666/ 992334322

e-mail: alexmendonca@complem.com.br

e-mail: itumbiara@complem.com.br

PRODUAi??A?O

COMPLEXO INDUSTRIAL DA COMPLEM (DAIMO)

DISTRITO AGROINDUSTRIAL DE MORRINHOS-GO

AdministraAi??A?o/RecepAi??A?o Daimo

Fone: (64) 3417-1250

e-mail: administracao@complem.com.br

CONSELHO DE
ADMINISTRAAi??A?O

Conselho Executivo

Presidente
EuclAi??cio DionAi??zio de MendonAi??a
Diretor Comercial
AntA?nio JosAi?? da Silva
Diretor de ProduAi??A?o
Leonardo Daniel de Souza

CONSELHO VOGAL
1A? VinAi??cius Romano CA?ndido
2A? Feliciano Moura Ribeiro Neto
3A? Ricardo Batista de Lima
4A? Anna Paula de Oliveira Felippe

Suplentes
Mauro CAi??sar AntA?nio da Silva
JoA?o Barbosa de Souza Filho

Conselho Fiscal
JosAi?? Rodrigues Vargas
LazAi??dio DionAi??zio de AssunAi??A?o
Gladstone JosAi?? Borges Frauzino

Suplentes
JosAi?? Aparecido de Souza Pereira
SebastiA?o JosAi?? Rodrigues
Cirlene Oliveira

UMA BOA IDEIA, MULTIPLICADA, MOVE O MUNDO
Quando uma pessoa com uma boa ideia encontra outra pessoa com uma boa ideia e nA?o se unem, sA?o apenas duas pessoas com duas boas ideias. Mas, quando uma pessoa com uma boa ideia encontra outra pessoa com uma boa ideia e se unem, planejam, realizam, sA?o duas pessoas com uma grande ideia. Ou mais. Muito mais. SA? na Cooperativa Mista dos Produtores de Leite de Morrinhos / GO, por exemplo, hoje sA?o mais de 4 mil associados unidos pela grande ideia do cooperativismo, que trabalham em 19 municAi??pios, lado a lado com cerca de 750 colaboradores, para oferecer aos milhares de consumidores produtos com garantia de qualidade comprovada e aprovada. Quando todo mundo coopera Ai?? assim: muito mais fA?cil mudar o mundo.

VocA? conhece a HistA?ria do Cooperativismo?
O cooperativismo teve sua origem na Inglaterra, na cidade de Manchester (Rochdale), por iniciativa de operA?rios tecelAi??es. Prejudicados pelo novo modelo industrial – no qual as mA?quinas inventadas passaram a substituir o trabalho artesanal e algumas atividades – os operA?rios foram levados a se preocuparem com outras formas de garantirem o sustento de suas famAi??lias.
Discutindo as dificuldades e buscando soluAi??Ai??es, eles decidiram pela criaAi??A?o de uma sociedade de consumo baseada no cooperativismo puro. Combinaram que cada um economizaria pequenas parcelas de seus rendimentos, mesmo submetendo-se a inA?meras privaAi??Ai??es, pelo menos durante um ano, para tentar formar algo que pudesse tirA?-los da aflitiva situaAi??A?o em que se encontravam.
Essa reuniA?o, que teve a participaAi??A?o de 27 homens e de uma mulher, foi realizada em novembro de 1843 e repetiu-se em 21 de dezembro de 1844, para a fundaAi??A?o de um armazAi??m comunitA?rio, com um capital inicial de 28 libras, representando uma libra que cada um do grupo havia economizado.
Foi lanAi??ada entA?o a Sociedade dos Probos Pioneiros de Rochdale Limitada. Ao fim do primeiro ano, a Sociedade jA? contava com 74 sA?cios e um capital de 180 libras. Onze anos depois, a organizaAi??A?o tinha 400 sA?cios.
Nasceu assim o cooperativismo, de forma organizada, como alternativa de modelo econA?mico entre o socialismo e o capitalismo. Desde entA?o, o movimento alastrou-se pelo mundo, e as normas definidas por aqueles tecelAi??es passaram a nortear as aAi??Ai??es das cooperativas em todo o mundo.

O que Ai?? Cooperado?
Cooperado Ai?? o produtor rural, o trabalhador urbano ou outro profissional, de qualquer atividade socioeconA?mica, que se associa para participar ativamente de uma cooperativa, cumprindo com os seus deveres e observando os seus direitos.

O que Ai?? Cooperativa?
Cooperativa Ai?? uma associaAi??A?o de pessoas que se unem, voluntariamente, para satisfazer aspiraAi??Ai??es e necessidades econA?micas, sociais e culturais, por meio de uma empresa de propriedade coletiva e democraticamente gerida.

Os PrincAi??pios do Cooperativismo
O Cooperativismo Ai?? regido por princAi??pios, que sA?o as linhas orientadoras por meio das quais as cooperativas levam os seus valores em prA?tica.

Os PrincAi??pios do Cooperativismo sA?o:
1 – Livre adesA?o: As cooperativas sA?o organizaAi??Ai??es voluntA?rias, abertas a todas as pessoas aptas a utilizar os seus serviAi??os e a assumir as responsabilidades como cooperados, sem discriminaAi??A?o de sexo, social, racial, polAi??tica e religiosa.
2 – GestA?o democrA?tica pelos cooperados: As cooperativas sA?o organizaAi??Ai??es democrA?ticas, controladas pelos seus cooperados, que participam ativamente na formulaAi??A?o das suas polAi??ticas e na tomada de decisAi??es. Os homens e as mulheres, eleitos como representantes dos demais membros, sA?o responsA?veis perante estes.
3 – ParticipaAi??A?o econA?mica equitativa: Os cooperados contribuem equitativamente para o capital das suas cooperativas e controlam-no democraticamente. Parte desse capital Ai??, normalmente, propriedade comum da cooperativa. Os cooperados recebem, habitualmente, se houver, uma remuneraAi??A?o limitada ao capital integralizado, como condiAi??A?o de sua adesA?o. Os membros destinam os excedentes a uma ou mais das seguintes finalidades: a. Desenvolvimento das suas cooperativas, eventualmente por meio da criaAi??A?o de reservas, parte das quais, serA? indivisAi??vel. b. BenefAi??cio aos cooperados na proporAi??A?o das suas transaAi??Ai??es com a cooperativa. c. Apoio a outras atividades aprovadas pelos cooperados.
4 – Autonomia e independA?ncia: As cooperativas sA?o organizaAi??Ai??es autA?nomas, de ajuda mA?tua, controladas pelos seus cooperados. Se firmarem acordos com outras organizaAi??Ai??es, incluindo instituiAi??Ai??es pA?blicas, ou recorrerem a capital externo, devem fazA?-lo em condiAi??Ai??es que assegurem o controle democrA?tico pelos seus cooperados e que mantenham a autonomia da cooperativa.
5 – EducaAi??A?o, formaAi??A?o e informaAi??A?o: As cooperativas promovem a educaAi??A?o e a formaAi??A?o dos seus cooperados, dos representantes eleitos e dos trabalhadores, de forma que estes possam contribuir, eficazmente, para o desenvolvimento das suas cooperativas. Informam o pA?blico em geral, particularmente os jovens e os lAi??deres de opiniA?o, sobre a natureza e as vantagens da cooperaAi??A?o.
6 – CooperaAi??A?o entre cooperativas: As cooperativas servem de forma mais eficaz os seus cooperados e dA?o mais forAi??a ao movimento cooperativo, trabalhando em conjunto, por meio das estruturas locais, regionais, nacionais e internacionais.
7 – Interesse pela comunidade: As cooperativas trabalham para o desenvolvimento sustentA?vel das suas comunidades por meio de polAi??ticas aprovadas pelos seus cooperados. Dessa forma contribuem, significativamente, para tornar a sociedade mais justa e os valores humanos, mais respeitados.

ai??? EstaAi??A?o de Tratamento de Efluentes ai??i??ETE / Ser uma empresa ambientalmente responsA?vel Ai??, em primeiro lugar, respeitar a natureza, nA?o poluindo e nem degradando o meio ambiente. A COMPLEM sabe disso e se adiantou Ai?? uma exigA?ncia federal, construindo em 2002 a EstaAi??A?o de Tratamento de Efluentes (ETE), no DAIMO.
ai??? Controle de resAi??duos gasosos e sA?lidos / Com a finalidade de reduzir os nAi??veis de material particulado lanAi??ado ao meio ambiente atravAi??s de suas caldeiras, a COMPLEM utiliza briquetes (serragem prensada) e lenha de eucalipto como combustAi??veis, gerando, desta forma, gases aceitos pela legislaAi??A?o especAi??fica vigente.
ai??? Projeto ai???Grito das A?guasai??? / Reflorestamento, com A?rvores nativas, das margens da represa que abastece o Complexo Industrial;
ai??? UtilizaAi??A?o de energia Incentivada / Ai?? a energia gerada a partir de fontes solar, eA?lica, biomassa e cogeraAi??A?o qualificada, cuja potA?ncia injetada na rede seja menor ou igual a 30 MW ou a partir de Pequenas Centrais HidrelAi??tricas – PCH e empreendimentos hidroelAi??tricos com potA?ncia igual ou inferior a 1 MW (CGH).Enfim, uma estratAi??gia de crescimento dinA?mico com desenvolvimento sustentA?vel.