É possível produzir mais leite e ser mais rentável utilizando melhor os recursos disponíveis?

 Novo conceito apresentado pela Nutron e Complem entregam uma formulação na medida certa para o seu rebanho

Por:  Evandro Schonell,  Isabela Carvalho Costa e Marcelo Barbosa

Durante a Agrotecnoleite 2021, a Cargill/Nutron e Complem apresentaram para o público novos conceitos de formulação de dietas para vacas leiteiras, que visa entregar para o animal uma formulação precisa e na medida certa para o máximo desempenho e lucratividade. Baseada na formulação por nutrientes, onde o foco é a vaca, um tema muito debatido, mas deixado de lado por muitos nutricionistas. 

A nutrição animal envolve um grande estudo sobre a utilização dos alimentos necessários para o crescimento, produção e reprodução das vacas de leite. Porém mais do que os alimentos utilizados, devemos dar atenção aos nutrientes que os compõem. O foco principal quando pensamos em uma formulação de precisão é atender os requerimentos das vacas de leite em nutrientes e não em ingredientes. Afinal, vaca não tem exigência por ingrediente, são os nutrientes que darão condições para elas expressarem seu máximo potencial leiteiro.

Quando formulamos rações temos por objetivo traduzir as necessidades nutricionais teóricas em necessidades alimentares reais, oferecendo alimentos de forma equilibrada nutricionalmente, assegurando o fornecimento correto dos nutrientes exigidos pelo animal, para que ele consiga pleno desenvolvimento e capacidade produtiva.

Pensando nisso a Complem junto com a Cargill/Nutron vem desenvolvendo novas linhas de rações e conceitos que visam atender de forma eficiente e segura as necessidades nutricionais dos animais da fazenda, atrelado ao que há de mais tecnológico no mercado de rações. Hoje temos uma linha focada na vaca e seu retorno financeiro para o produtor, conta com aditivos naturais como o Actifor® Boost, que aumentam a produção de energia no rúmem a partir do que é ingerido, diminui a variação do pH ruminal, aumenta a digestão da fibra da dieta, melhora o aproveitamento da proteína da dieta e a utilização dos ingredientes e nutrientes pelas bactérias do rúmem, além de aumentar a secreção de sucos digestivos a nível intestinal, o que ao final significa maior aporte nutricional para os animais. Além de contribuir para uma melhora em saúde das vacas, reduzindo processos inflamatórios. Tudo isso somado a boas práticas alimentares na fazenda geram um aumento na produção de leite além de uma melhora significativa em sólidos no leite.

Nesta mesma linha de produto contamos também com um conceito em saúde de cascos, trazendo em sua formula a biotina e zinco orgânico, componentes primordiais e amplamente estudados, que se fazem necessários para melhorar o potencial produtivo das vacas e para a saúde dos cascos. Doses de micro minerais e vitaminas ajustadas para a vaca moderna e produtiva. Além da inclusão de Soypass®, farelo de soja protegido da fermentação ruminal que tem sua eficácia e resultados já comprovados. 

O resultado disso tudo nos mostram ganhos consideráveis para o produtor de leite, os gráficos a seguir retratam o aumento no teor de sólidos e produção de leite em um cliente no Estado de Goiás, utilizando a tecnologia do Actifor® Boost, junto ao novo conceito de formulações de rações. 

Estes resultados comprovam a importância de se fornecer nutrientes e uma dieta equilibrada para os animais, nesta fazenda o produtor utilizava anteriormente uma ração a base de milho e soja, sem balanceamento para nutrientes, somente para fechar o teor proteico mínimo da ração (24% PB). Após o fornecimento da ração com o Novo conceito (mesmo nível proteico, Soypass®, Actifor® Boost, Biotina, Minerais orgânicos), os ganhos em proteína do leite foram bastante consideráveis (gráfico 1), o que mostra que a necessidade por aminoácidos dos animais foi melhor atendida neste novo conceito, além da possibilidade de uma melhor fermentação ruminal. Este aumento em sólidos trouxe para esse produtor uma renda adicional de R$ 2.600,00 pela valorização na qualidade do leite vendido. 

Somado aos ganhos em qualidade do leite, a produção de leite acompanhou a mesma lógica, para os animais tratados com o novo conceito tivemos um incremento de 1,3 Litros/dia (Gráfico 2) o que mostra que é possível produzirmos mais leite com os mesmos recursos (animais). Esse resultado trouxe uma renda mensal adicional de R$ 2.000,00 em um rebanho de 30 animais, realidade desse produtor em questão.  O mais importante é que todo esse retorno financeiro veio com um custo por vaca dia, muito semelhante a antiga realidade da fazenda (baseado em milho e soja)

Isso tudo só é possível, graças aos inúmeros investimentos que a Cargill tem feito em novas tecnologias, pesquisas de exigências de nutrientes, resposta no animal e a interação nutriente x ingrediente x ambiente. O resultado disso tudo é trazer para a Complem e seu Cooperado/cliente a segurança de fornecer uma dieta equilibrada e que consiga o máximo retorno econômico e produtivo.

Conte com a equipe da Nutron/Complem e tenha ainda mais sucesso na sua atividade leiteira.

Compartilhe:

Mais Notícias

O PIB do agronegócio brasileiro segue em forte ritmo de crescimento. Com novo avanço no segundo trimestre de 2021, o PIB do agronegócio nacional acumula

Rolar para cima