LEITE: VENCENDO OBSTÁCULOS, UNINDO GERAÇÕES

Família NUNES SILVA 

A devoção à Santa Luzia, santa católica muito amada e invocada como a protetora dos olhos, deu nome à propriedade rural de 31 alqueires, na Região Barreiro, em Morrinhos. Aqui, o cooperado Lucimário Fernandes da Silva, mais conhecido como Bekin, juntamente com a esposa Vilma Nunes de Melo, dá continuidade à atividade leiteira conduzida com esmero, mesmo diante de tantas dificuldades, há muitas décadas. Um amor que passa de geração em geração desde a época do senhor José Nunes de Melo, cooperado e avô da Vilma, que passou o bastão para o filho, o também cooperado e sogro do Bekin, Jurandir Nunes de Melo.

O casal, também conhecido pela atuação no comércio morrinhense, tem dois filhos: o advogado Vinícius Nunes e o médico veterinário Danilo Nunes, e, para a alegria dos avós, duas netinhas: a Marianna, de oito meses, filha do Danilo, e a Ana Beatriz, de 3 aninhos, filha do Vinícius. Esta última pequena acompanhou a visita da equipe Complem durante nossa reportagem e demonstrou grande carinho pelos animais e pela fazenda como um todo. A alegria da família Nunes Silva são as reuniões aos finais de semana na fazenda. Momentos de confraternização e muitas risadas.

Além do leite, a pecuária de corte e a venda de matrizes leiteiras complementam a renda da família. Danilo, que é pós graduado em Reprodução e Produção de Bovinos, é o sucessor responsável pela sanidade dos animais da propriedade. Só em lactação, são 98 vacas girolando, que rendem uma média de 2 mil litros de leite por dia.  Para fabricação de silagem, que incrementa a alimentação do rebanho, uma área de 25 hectares de milho foi plantada com a  assistência técnica da Complem Agrícola, por meio do agrônomo Lucas Melo.

Qualidade à prova– A qualidade do plantel já foi comprovada quando pai e filho participaram  de algumas edições do Torneio Leiteiro durante a AgroTecnoLeite Complem. “Muito gratificante saber que todo o nosso trabalho, o investimento feito em genética,  alimentação e manejo aqui na fazenda está valendo a pena e o melhor, pôde ser visto por outras pessoas e ainda reconhecido”, afirmou o veterinário.

Parceria– “A parceria com a Cooperativa foi muito importante para que chegássemos onde estamos. Desde o início recebemos apoio, da compra de insumos, assistência técnica, suplementação de qualidade para o rebanho, participação nos eventos, cursos e palestras promovidos pela Cooperativa e que contribuíram para meu aperfeiçoamento e do meu filho  nas atividades propostas aqui na  propriedade rural. Por isso, espero que meus filhos e netos deem sequência em tudo isso e que possamos continuar com esta sólida parceria com a Complem por muitos anos”.

 

Compartilhe:

Mais Notícias

Goiás é cada vez mais coop

O cooperativismo tem grande parcela de contribuição no forte desenvolvimento econômico, social e ambiental das últimas seis décadas de Goiás. Isto só foi possível com

Rolar para cima